História

O dia em que nasceu uma Mãe

Bispo Rubem Barreto

Bispo Rubem Barreto

N

o mês de dezembro de 1979, em Nova Iguaçu, nascia uma “mãe”, estava sendo fundada a Igreja de Nova Vida de Nova Iguaçu. Esta Igreja nascia para gerar vida e consolidar o ministério entregue as nossas mãos pelo Senhor Jesus.

É impossível não unir duas histórias: a de um homem que com sua mulher e suas duas filhas vieram de Niterói para servir a uma cidade e a da Igreja construída que se tornou referencial de compromisso com Deus e sua Palavra.

Estava eu, recém chegado e ainda diácono da Igreja de Nova Vida de Niterói, e um grupo de aproximadamente quinze pessoas.

Nova Iguaçu era considerada um celeiro de criminalidade e mortes, as necessidades práticas do dia a dia se impunham, mas para a Glória de Deus pudemos experimentar o milagre da provisão divina.

Ordenação ao Ministério Pastoral

20/06/1980

Consagração ao Episcopado

06/05/1994

No ano seguinte, em 20 de junho de 1980, fui ordenado ao ministério. Formado e discipulado pelo Bispo Roberto McAlister, busco em todos esses anos transmitir ensinamentos e valores que correspondam à altura desse chamado.

Com o tempo, o pequeno grupo que se iniciou na Associação Rural de Nova Iguaçu se multiplicou e logo precisávamos de um local mais apropriado para nos reunirmos. Alugamos uma loja com um “bom espaço”, mas bastaram poucos anos para a loja tornar-se também insuficiente.

O bom espaço transformou-se em um “pequeno espaço” e Deus colocou em meu coração comprar uma propriedade no Centro da Cidade. Mais uma vez alcançamos os sonhos de Deus e os tornamos nossos.

Os anos foram passando e cada vez mais pessoas foram conduzidas pelo Espírito a esse lar espiritual chamado Nova Vida de Nova Iguaçu.

Templo

Templo

H

oje essa história está preste a ganhar um novo e abençoado capítulo! Com a Graça de Deus sobre nós estamos concluindo nosso Templo IGREJA DE NOVA VIDA DE NOVA IGUAÇU, maior e melhor com capacidade para até 3.000 pessoas, e acreditem, já está ficando pequeno.

Mas para a Glória de Deus o futuro dessa Igreja será como foi sua história: Missionária! Minha visão é que depois de concluída essa obra, partiremos em definitivo ao campo missionário. A visão do reino de Deus até onde nossos olhos espirituais puderem alcançar.

Nossa Igreja foi despertada para a sua vocação missionária e dou “Graças a Deus” por ter me dado força e graça para aceitar esse desafio de conduzir uma “mãe” de muitas outras igrejas, as quais nasceram como fruto da benção de Deus sobre esse ministério.

Cidades foram alcançadas, bairros conquistados. Lugares como Araruama, Cerâmica, Cabo Frio, Paracambi, Mesquita, Belford Roxo, Miguel Couto, Queimados, Itaperuna etc., foram alcançados pelo amor de Deus.

“Deus vos abençoe rica e abundantemente, amém”.

Rubem Pinheiro Barreto
Bispo da Igreja de Nova Vida de Nova Iguaçu